Exame para formados no Brasil pode estar a caminho

Uma idéia bastante discutida é por que os formados em universidades brasileiras não precisam passar por um exame para saber se estão realmente aptos a exercer a profissão, como os formados no exterior precisam.

Pois o Cremesp, Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo, está tentando iniciar este caminho e intituiu participação obrigatória no exame que avalia a qualidade dos formados no Brasil. No ano passado, 46,7% dos participantes foram considerados inaptos a exercerem a medicina!

Com certeza, os médicos formados em universidades de qualidade no exterior, como a UBA, estão muito mais aptos do que os formados na maioria das universidades particulares brasileiras. O justo seria que os formados aqui também necessitassem convalidar seu diploma, caminho que começa a ser trilhado.

Confira mais na notícia do portal Último Segundo.