Ministro da Saúde diz que a importação de médicos estrangeiros não pode ser um tabu

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, declarou que a importação de médicos estrangeiros não pode ser um "tabu" e que a prioridade do governo será atrair profissionais para suprir a defasagem existente no interior do país e na periferia de grandes cidades.

O ministro disse que a política de atração de médicos estrangeiros "não deve ser um tabu no Brasil porque em nenhum outro pais é". Ele afirmou que 40% dos médicos na Inglaterra são formados em outros países.

Confira mais da notícia no site da Folha de São Paulo.

Dilma assina em junho decreto para contratar médicos estrangeiros para trabalhar no interior do país

A presidente Dilma Rousseff vai autorizar a contratação de médicos estrangeiros para atuarem no interior do país. A informação foi divulgada pela ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Ideli Salvatti.

O decreto será assinado em junho e os médicos estrangeiros serão pagos pelo Ministério da Saúde. Ideli Salvatti falou que atualmente os prefeitos pagam de R$ 25 mil a R$ 30 mil para um médico no interior do país, mas, mesmo assim, não encontram profissionais para as comunidades de menor perspectiva profissional para eles.

Leia mais da notícia no site do jornal O Globo.