Ministro da Saúde diz que a importação de médicos estrangeiros não pode ser um tabu

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, declarou que a importação de médicos estrangeiros não pode ser um "tabu" e que a prioridade do governo será atrair profissionais para suprir a defasagem existente no interior do país e na periferia de grandes cidades.

O ministro disse que a política de atração de médicos estrangeiros "não deve ser um tabu no Brasil porque em nenhum outro pais é". Ele afirmou que 40% dos médicos na Inglaterra são formados em outros países.

Confira mais da notícia no site da Folha de São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário