Médicos brasileiros formados na Argentina têm o maior índice de aprovação no Revalida


Com a divulgação dos aprovados brasileiros no Revalida por país de formação, pode-se perceber a qualidade do ensino argentino: em 2012, enquanto a média de aprovação geral no Revalida foi de 7,5%, os egressos de universidades argentinas tiveram taxa de aprovação de 22,4%, a mais alta por país.

Comparativamente, a taxa de aprovação de médicos brasileiros formados na Bolívia foi de apenas 2%, baixando assim a média geral do Revalida. Os egressos de Cuba tiveram taxa de aprovação de somente 8,5%.

Confira os dados por país na tabela acima; clique para aumentá-la.

Universidade de Buenos Aires é a 2º melhor da América do Sul

O Academic Ranking of World Universities coloca a Universidade de Buenos Aires (UBA) como a 2º melhor da América do Sul (somente atrás da USP) e entre as 200 melhores do mundo no ano de 2012. Confira o ranking completo clicando aqui.

Médicos estrangeiros podem suprir carência do Brasil atuando em regiões mais necessitadas

Cerca de 60% da população brasileira acredita que a falta de médicos é o maior problema do Sistema Único de Saúde (SUS), aponta o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Ciente dessa ausência de profissionais, o Ministério da Saúde está trabalhando para atrair mais médicos ao interior do país, às regiões carentes e periferias de grandes cidades. 

Ao longo dos últimos dez anos, o número de postos de emprego formal criados para médicos ultrapassa em 54 mil o número de graduados no País. De 2003 a 2011, surgiram 147 mil vagas neste mercado de trabalho, contra 93 mil profissionais formados. Para enfrentar essa realidade o MS está analisando medidas, com base nas experiências bem-sucedidas de outros países, para atrair médicos estrangeiros que irão ajudar no atendimento à Atenção Básica, como explica o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha: “O ciclo de formação de um médico é de seis a oito anos e a sociedade não pode esperar até que esses novos médicos estejam formados".

Confira mais da notícia no site do Governo Federal, Blog da Saúde.

Países com grande demanda de médicos

Pesquisa da BBC aponta países onde há falta de médicos e excelentes oportunidades de trabalho e salário. São ótimas opções para os estudantes brasileiros que estão se formando no exterior e que não fazem questão de voltar ao Brasil.

Entre os países destacados estão Alemanha, Austrália, Canadá, Inglaterra, Portugal e Suíça.

Confira a listagem completa, o salário médio e as especificidades buscadas no site da BBC, selecionando a profissão de medicina.

Mais fácil achar ouro que médico, diz chefe de hospital do câncer

"Está mais fácil achar ouro do que encontrar [médico] especialista". A afirmação é de Henrique Prata, diretor do Hospital de Câncer de Barretos -referência no tratamento público da doença- que apoia "110%" a proposta do governo federal de facilitar a vinda de médicos estrangeiros para atuar no Brasil.

Defensor da ideia de trazer profissionais de outros países mesmo antes do plano do governo, Prata disse que o próprio hospital administrado por ele tem hoje um déficit de 70 médicos. Não consegue ocupar as vagas, segundo o diretor, por falta de gente no mercado.

"Não tem médico. Concordo 110% com essa visão do governo. Falta profissional no interior, e só assim [com a 'importação'] será possível resolver o problema. Nós não achamos [médicos], principalmente especialistas."

Confira mais da notícia no jornal Folha de São Paulo.